quarta-feira, 14 de abril de 2010

O presidente do Supremo Tribunal Federal responde às suas perguntas

Temos o prazer de anunciar que o Supremo Tribunal Federal (STF), representado por seu presidente, é o mais novo órgão do governo a responder às perguntas enviadas ao YouTube. Cada vez mais, os líderes de todo o mundo usam a ferramenta para estabelecer contato direto com os cidadãos, mas esta é a primeira vez que o maior tribunal de um país usa o YouTube para iniciar um diálogo significativo com a sua comunidade sobre o processo político e as questões governamentais.


Todos os brasileiros, bem como toda a comunidade internacional do YouTube, podem usar a nossa plataforma do Google Moderator para fazer perguntas no
 Canal do YouTube  do STF no endereço youtube.com/stf. Você pode enviar perguntas em forma de vídeo ou de texto. Assim que a pergunta for enviada, qualquer usuário do YouTube poderá votar se a questão deve ou não ser feita ao atual presidente do STF, Gilmar Mendes. O Ministro vai responder às perguntas mais votadas durante transmissão da “TV Justiça”, no dia 16 de abril, às 18h. (Horário de Brasília14h PT) [links em inglês]. A vídeo com as respostas do Ministro ficará disponível no Canal Oficial do STF no YouTube.






O Supremo Tribunal Federal lançou o canal em outubro de 2009 e, em apenas seis meses, já enviou mais de 1.700 vídeos, que acumularam mais de um milhão de exibições no site. Este tipo de interação em vídeo personaliza e democratiza a política. Já foi provado, inclusive, que é possível criar iniciativas locais (por exemplo, no México), regionais (por exemplo, na UE) e globais (como o COP15) de maneiras novas e empolgantes.

As perguntas ao STF devem estar relacionadas a qualquer um destes tópicos:


  • Forma de indicação de Ministro do STF
  • Atuação do Supremo Tribunal Federal
  • Balanço das Atividades do STF e do CNJ
  • Efetividade das decisões judiciais
  • Propostas do Conselho Nacional de Justiça
  • Corrupção no Judiciário
  • Democratização do acesso à Justiça
  • Ativismo judicial
  • Informatização do Poder Judiciário
  • Prerrogativa dos juízes
  • Intercâmbio jurídico no Mercosul e em outros países

Todas as perguntas devem obedecer às 
Diretrizes para Comunidades do YouTube.

Esta é a sua chance de interagir diretamente com um representante de um dos maiores órgãos judiciais do mundo tendo a certeza de que a sua voz será ouvida. 
Envie a sua pergunta ainda hoje e fique de olho para ver a resposta do STF.

Por Ivo Corrêa, 
Diretor de Políticas Públicas e Relações Governamentais do Google Brasil, assistiu recentemente ao vídeo "Saiba a diferença entre deportação, extradição e expulsão".

3 comentários:

  1. Meretíssimo Juiz p q a demora do Contencioso, muitas xs alegam q os processos ficam aguardando respostas de outros orgãos públicos para ser incluidos nos autos, como o caso do DNA de pessoas q ñ tem como pagar as custas nem o DNA onde a População ñ tem o mesmo peso da Populaão Américana q tem recurso para o Consumo....um dia chegaremos lá...+ no Contencioso é gritante
    aproveitando os expertalhões para se esconder em seus mantos Jurídicos pois é negócio a lerdesa da Justiça....como melhorá-la

    ResponderExcluir
  2. oi bom dia minha conta no youtube sumiu o video q eu postei consta q meu longin q colocou mas ñ consigo entrar mas pq ñ lembro a senh nem o email e eu preciso apagar um video q eu postei por favor vc podem me ajudar

    esse é link da minha conta q ñ consigo acesso se vc souberem eu preciso apagar esse video com urgencia

    http://www.youtube.com/user/DNC648

    ResponderExcluir